O projeto visa realizar estudos que permitam identificar e avaliar os impactos decorrentes do rompimento da Barragem I da Mina Córrego do Feijão.

O município de Papagaios foi convidado a participar de um dos subprojetos decorrentes do Projeto Brumadinho-UFMG, onde se desenvolverá, inicialmente, a pesquisa: “Análise dos impactos no Turismo em Brumadinho e na região atingida”, coordenado pela Profª. Drª. Ana Paula Guimarães S. de Oliveira e sediada no Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais.

O objetivo é identificar e avaliar os impactos no turismo em Brumadinho e região após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em três dimensões: oferta, demanda e imagem.

A pesquisa está estruturada em diferentes fases, para dialogar com diferentes atores.

A fase atual corresponde à coleta de dados online, por meio de questionários direcionados a dois públicos: o residente e o visitante. Para alcançar esses públicos várias ações estão em curso.

E, para que essa pesquisa atinja seus objetivos e Papagaios possa ser beneficiada com seus resultados, pedimos que os moradores do município e visitantes respondam as pesquisas. Para isso, basta clicar na imagem abaixo correspondente à sua situação (morador ou visitante) e responder as perguntas. É fácil e rápido.

      

Essa pesquisa também está disponibilizada na página do Facebook da Prefeitura de Papagaios. Curta e compartilhe para que mais pessoas possam contribuir.


O projeto

O Projeto Brumadinho UFMG tem como objetivo geral auxiliar o Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Belo Horizonte por meio de estudos que permitam identificar e avaliar os impactos decorrentes do rompimento da Barragem I da Mina Córrego do Feijão.

Os objetivos específicos são: identificar e avaliar as necessidades emergenciais dos impactos socioeconômicos, ambientais, na saúde, na educação, nas estruturas urbanas, no patrimônio cultural material e imaterial e nas populações ribeirinhas, dentre outros impactos, em escala local, microrregional, mesorregional e regional; e apresentar as necessidades de recuperação e reconstrução em Relatório de Avaliação Consolidado e desenvolver Plano de Recuperação.

Se quiser conhecer mais detalhes do projeto, clique aqui.




Fonte: Secretaria Municipal de Administração

Data de publicação: 11/05/2021

Compartilhe!