Órgão fiscalizador estabeleceu prazo para a regularização dos problemas.

Devido às inúmeras reclamações da população papagaiense junto aos órgãos ambientais e à Prefeitura Municipal, o Codema – Conselho de Desenvolvimento Ambiental – de Papagaios, realizou vistoria na empresa BIOCOMP no dia 25 de julho desse ano, solicitando providências junto à direção da empresa, que se comprometeu com a regularização da situação que, por seu processo industrial, espalha pelo ar odores extremamente desagradáveis, incomodando todos os cidadãos.

Como a empresa não conseguiu cumprir os termos daquela notificação, os técnicos do Codema voltaram ao empreendimento no último dia 24 de outubro e notificaram novamente os seus representantes para que, num prazo de 30 dias após seu recebimento, eliminem definitivamente os danos causados ao município, sob pena, inclusive de não ter seu alvará de funcionamento renovado pela Prefeitura Municipal além de comunicação expressa ao Ministério Público e ao órgão ambiental estadual responsável.

Faz-se necessário destacar que o Codema, através dessa ação, não deseja prejudicar o funcionamento do empreendimento, mas é preciso que o mesmo respeite a legislação ambiental e que seus interesses não prejudiquem a população. É dessa forma que o Codema busca exercer seu papel fiscalizador na defesa dos interesses do Município de Papagaios e de seus cidadãos.

Confira a notificação do Codema:





Fonte: Codema - Papagaios

Data de publicação: 05/11/2018

Compartilhe!